Reduzindo o lixo em 7 passos

Inspiração da @vailasp e @luizavoll

A inspiração da semana vem da @luizavoll, que fez uma série de dicas incríveis no @vailasp com a #vailaSPsemlixo sobre como reduzir o lixo no nosso dia-a-dia. Como dica boa é dica compartilhada, aí vão algumas que podem servir também de inspiração para vocês!

1.     Compostagem: com um minhocário em casa você consegue reduzir praticamente pela metade o lixo da sua casa e passa a produzir o seu próprio adubo (que você pode usar em suas plantas ou doar!). Antes de falar sobre compostagem é legal esclarecer: não fazemos compostagem porque gostamos de mexer com lixo ou com minhocas. Fazemos após entendermos que precisamos nos responsabilizar pelo lixo que produzimos. No dia a dia, funciona de forma bem simples – tenho uma pequena lixeira na pia para separar o lixo orgânico que pode ser compostado (praticamente tudo, exceto alimentos de origem animal e cítricos) e, assim que a lixeira enche, levo para a composteira, adicionando também junto ao lixo folhas secas ou serragem. Simples assim!

(Já demos a dica aqui no AC da Morada da Floresta – www.moradadafloresta.eco.br – corre lá para ver!)

2.     Lanche sem lixo: usamos algumas coisas não necessariamente porque precisamos, mas por hábito ou por nunca ter parado para pensar muito sobre o assunto. Guardanapo de papel, por exemplo, será que precisamos dele tanto assim? São poucos os lanches que de fato demandam o guardanapo se você parar para pensar. E, se você tiver guardanapos de pano, reduz praticamente todo o uso de guardanapos de papel em sua casa ou mesmo na rua!

3.     Água sem lixo: por um mundo sem copos de plástico, tenha seu próprio copo e/ou garrafinha! Algumas marcas vendem produtos super práticos, mas serve qualquer tipo de copo ou garrafinha que você possa reutilizar.

4.     Drinks e bebidas sem lixo: que tal deixar de usar canudos de plástico? A primeira vez que pensei sobre este assunto foi quando fui para Piracanga. Lá nem para a água de coco eles te dão canudo. E o mais legal: você vê que nem para o coco você realmente precisa.

5.     Beleza sem lixo: aos poucos estou descobrindo que é possível fazer alguns produtos de beleza em casa e que são opções que me deixam mais feliz do que as convencionais. Tenho produzido o meu próprio desodorante (com a receita da professora @fecanna) e usado bicarbonato e vinagre de maça para lavar os cabelos (aprendi isso com a @belagil). Outra boa opção para os cabelos são os shampoos em barra, que muitas vezes você consegue comprar até sem embalagem.

6.     Compras sem lixo: a ecobag já usamos, mas dá também para deixar de usar saquinhos de plástico como um todo! Você não precisa colocar frutas e verduras em saquinhos. Na maioria dos supermercados e mercados eles pesam para você solto assim mesmo. Evite comprar produtos que vêm no isopor e embalados. Na maioria das vezes não precisa. Um próximo passo bem legal é, quando for comprar a granel, levar seus próprios saquinhos e embalagens de pano.

7.     Reutilize: gosto de tratar as embalagens como preciosidades, pois elas são mesmo. Nossos recursos não são infinitos como pensamos. Reutilizar potes de vidro, por exemplo, para mim se tornou um vício. E acho chique demais visitar casas de amigos e ver peças reutilizáveis. Substituí quase todos os meus potes de plástico por embalagens de vidro – as embalagens de plástico transferem BPA (um produto químico de plástico) com mudanças de temperatura.

Escreva um comentário e faça sua avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *